Shopping Hortolândia terá cinema a partir de maio
 
SÉTIMA ARTE
 
Shopping Hortolândia terá cinema a partir de maio
 
Prefeito visitou montagem das modernas salas da rede Cinesystem que lança, em Hortolândia, tecnologia pioneira no Brasil
 
Por Elisabeth Soares, Hortolândia 26/03/12 08:34
 
 
Hortolândia terá o primeiro cinema do Brasil 100% automatizado, com a utilização de tecnologia digital para todas as suas salas, a partir de maio. A Rede Cinesystem finaliza as obras para a instalação de cinco salas de cinema no Shopping Hortolândia, inaugurado em novembro do ano passado. Nesta semana, o prefeito Angelo Perugini visitou as salas a convite do superintendente do shopping, Marcelo Rodrigues. O Ceo da Rep, Flávio Buazar, e o sócio-diretor da Lumine, Marcelo Sallum, que formam o grupo empreendedor, participaram do encontro.

Durante a visita, Perugini elogiou a estrutura das salas de projeção que seguem as mais rigorosas normas de segurança, assim como todo o centro de compras. “A estrutura das salas de cinema é fantástica. O novo serviço do Shopping Hortolândia vai garantir que nossa população tenha acesso à exibição de filmes, com a mais alta tecnologia, sem ir para outras cidades da região. É um ganho cultural aos moradores”, comemora o prefeito.

Perugini demonstrou satisfação com a operação do Shopping Hortolândia, que recebe uma média de 150 mil visitantes por mês.  “Acompanhamos a execução do projeto arquitetônico do shopping desde o início. Estamos muito satisfeitos com o resultado e os benefícios trazidos para a população. Aqui as pessoas podem comprar e se divertir com segurança. É uma conquista que coroa o desenvolvimento da nossa cidade”.

De acordo com o superintendente do Shopping Hortolândia, Marcelo Rodrigues, o centro de compras disponibilizará cinco salas de cinema, duas delas em versão 3D. O novo multiplex, 100% digital, dispensará a tradicional cabine de projeção e contará com uma moderna sala de operações, totalmente automatizada, que permite o controle à distância. O sistema é inédito no Brasil, conforme divulgado pela rede Cinesytem. 

Juntas, as salas de cinema têm capacidade para 1.277 lugares, incluindo as cadeiras reservadas para pessoas com deficiência. As duas salas na versão 3D são no formato stadium, com poltronas no estilo arquibancada, que permite visão total da tela.

“A estrutura das salas segue rigidamente todas as normas de segurança. Porta corta-fogo e saídas de emergência sinalizadas são dois dos itens mais importantes que podem ser citados. Ofereceremos ao público salas digitais de última geração, com um sistema único no Brasil de qualidade de imagem e som”, adiantou Rodrigues. 

O superintendente explicou que, inicialmente, estavam projetadas quatro salas de cinemas. O entanto, com o sucesso do Shopping Hortolândia, a Cinesystem solicitou a inclusão de uma quinta sala no complexo, já em montagem.

A estudante Beatriz Marques, 13 anos, aguarda ansiosa a inauguração do cinema. “Hoje para ir ao cinema é preciso se deslocar para Campinas. Então, não vejo a hora do cinema começar a funcionar aqui no Shopping Hortolândia para ver filmes em cartaz bem perto de casa. Poderei até ir sozinha com as minhas amigas”, festeja a adolescente.

Empreendedores planejam
ampliação do Shopping

Os empreendedores do Shopping Hortolândia avaliam de modo positivo os primeiros quatro meses de operação do centro de compras. Segundo o superintendente Marcelo Rodrigues, desde que foi inaugurado, em novembro de 2011, o shopping já abriu mais 35 operações, ampliando a variedade de produtos e oferta de mix para os clientes.

Além de inaugurar as salas de cinema, o shopping se prepara para colocar em funcionamento mais nove grandes lojas. Entre as marcas que o consumidor pode esperar, adianta o superintendente, estão o Bob´s (alimentação), o Laboratório Vozza, a Lavanderia Dry Clean e uma lotérica.

O sucesso do empreendimento é tanto que grupo de investidores já planeja a ampliação do centro de compras para atender a demanda de consumo de Hortolândia e região. “Com a grande receptividade do público e dos lojistas, podemos confirmar que já estão em andamento um estudo e projeto de expansão do shopping. Nossa perspectiva é que esta ampliação ocorra a médio prazo”, disse Rodrigues.

Localizado entre as principais ruas do comércio da região central (Luiz Camilo de Camargo, José Camilo de Camargo e João Blumer), o Shopping Hortolândia é uma extensão do comércio de rua. Abriga 120 lojas - entre âncoras, megalojas e satélites (comércios menores) - além de um hipermercado, ampla praça de alimentação com redes de fast food e restaurantes. O estacionamento tem mais de 700 vagas. Em maio, começa a funcionar cinco salas de cinema.

Entre os diferenciais do shopping estão a instalação de pontos de coleta de materiais recicláveis, acessibilidade completa, corredores amplos e projetos eficientes de luminotécnica.

1.500 empregos


Para construir o Shopping, foram investidos R$ 80 milhões e criados 1.500 empregos. O crescimento econômico de Hortolândia, com a instalação de grandes indústrias e aumento do poder de consumo da população, definiu a escolha da cidade para a instalação do empreendimento, segundo Flávio Buazar, CEO da REP Centros Comerciais, grupo empreendedor responsável pelo mall. 
“Hortolândia é a cidade média que mais cresce no País, está entre os 300 municípios com a economia mais dinâmica do mundo, apresenta alto potencial de consumo. Nosso shopping é mais que uma opção de consumo, é uma ação humanizada, que mexe com a autoestima das pessoas que têm, dentro do próprio município, acesso às grandes redes e lojas do Brasil”, afirmou Buazar, durante o evento de inauguração do centro de compras.

Shopping soma com a revitalização
do Centro, afirma prefeito

O Shopping Hortolândia é um dos investimentos do setor privado que contribuem com o projeto de revitalização da região central, em realização pela Prefeitura. A afirmação é do prefeito Angelo Perguni. “Por isso, a Administração apóia, desde o início, a instalação do empreendimento. É mais um passo para consolidar a emancipação da nossa cidade, desta vez no setor comercial”, disse.

Para contribuir com a instalação do empreendimento, a Prefeitura realizou obras viárias de acesso ao centro de compras com o prolongamento e abertura de vias, além da pavimentação, instalação da rede de distribuição de energia elétrica e iluminação das ruas. Também reestruturou o sistema de drenagem de águas pluviais. Os investimentos em obras públicas são de aproximadamente R$ 5 milhões. 

Para revitalizar o Centro, a Prefeitura investe em obras de combate à enchente com canalização do Ribeirão Jacuba, reestruturação do sistema viário e instalação de parques com equipamento de esporte e lazer.

O superintendente do Shopping Hortolândia valoriza o incentivo da Prefeitura. “O poder público tem sido um importante parceiro desde a concepção do empreendimento, preocupado, acima de tudo, em contribuir com a verdadeira e positiva transformação na vida das pessoas na cidade”, disse Rodrigues.

 
  Últimas notícias
  Untitled Document